Reaproveitamento artístico de embalagens


Dirty White Trash, 1998

Tim Noble e Sue Webster são artistas ingleses que têm um trabalho extremamente peculiar e surpreendente. Ele recolhem diversas embalagens velhas e outros materiais que não são mais utilizados – popularmente conhecidos como lixo – e usam como matéria prima para suas obras.

Até aí, não existe muita novidade, afinal, muitos artistas escolhem este tipo de material (já publicamos incluse outros posts sobre arte feita com embalagens usadas). A diferença é que eles trabalham com luz, ou melhor, sombras.

Eles fazem montanhas de lixo que parecem aleatórias e bagunçadas, mas quando são iluminadas por um ponto de luz revelam sombras de cidades, pessoas, objetos e mais um monte de coisas. É difícil de acreditar. Seus trabalhos já estiveram presentes em exposições de Arte Contemporânea da Royal Academy. Muito bom!

Fonte: Obvious

Sobre

Deixe um comentário

Erro! Este email é inválido.