Personagens em embalagens para crianças

Embalagens de produtos destinados ao público infantil tentam adentrar no imaginário das crianças para conseguir interação com elas. A tarefa não é fácil mas existe um caminho já consagrado que é utilizado por quase todas as embalagens encontradas nas prateleiras dos supermercados: o uso de personagens.

Existem duas alternativas neste sentido: a primeira delas é o uso de personagens licenciados. Os personagens consagrados conseguem uma ligação imediata com as crianças. Por serem muito populares, não há necessidade de gastos em divulgação. Esta opção exige, porém, altos investimentos no pagamento de royalties. Outro ponto negativo é o fato de o personagem ser mais forte que o produto e a marca, o que pode atrapalhar a tentativa de formar uma identidade consistente. Também existe o problema da não exclusividade do personagem.

A segunda alternativa é a criação de personagens próprios. Esta opção necessita de investimentos constantes para consolidar e fortalecer tais personagens, e o retorno acontece somente a longo prazo. A vantagem da consolidação de um personagem é possibilidade de estabilizar as vendas de forma duradoura. A marca também ganha em força e identidade por mais tempo. Também existe outro ponto a favor: a liberdade de criação da embalagem.

As duas opções apresentam vanatagens e desvantagens. Cada empresa escolhe a solução que considera mais adequada para sua marca e produto.

Sobre

Deixe um comentário

Erro! Este email é inválido.