Imagem em movimento no livro infantil

 15 de julho de 2010

A palavra de ordem do mundo em que vivemos atualmente, com o advento da globalização,  é a velocidade: velocidade de transmissão de imagens, de textos, de programas de televisão. Pode-se saber o que acontece em qualquer lugar do mundo em questão de segundos, bastando o clique de um mouse para que ocorra a disseminação de qualquer tipo de notícia.

Essa rapidez e facilidade de transmissão, no entanto, traz consigo alguns problemas. Todos os dias somos bombardeados com novas tecnologias, imagens, músicas, informações. Não somente os adultos, mas também as crianças “sofrem” do mesmo mal, tornando assim cada vez mais difícil “agradá-las”.

Com essa grande quantidade de informações novas às quais as crianças estão expostas todos os dias, as mídias que as têm como público-alvo não poderiam ficar paradas no tempo. Como disse Guto Lins (designer e autor de livros infantis), em seu livro “Livro Infantil ? – Projeto Gráfico – Metodologia – Subjetividade”, o tempo do livro infantil “bonitinho”, “bem acabadinho” acabou.

Tendo isso em vista, um autor que não parou no tempo foi Rufus Butler Seder, com o livro “Galope!”, publicado pela Editora Sextante no Brasil. Artista óptico, Seder utilizou a técnica do Scanimation para insinuar o movimento das personagens de seus livros conforme as páginas se abrem. Essa técnica é patenteada pelo próprio autor, que tem como base a técnica do kineticard, de 1997.

A ilusão de movimento nas páginas se dá através do deslize entre o cartão de papel no qual estão desenhados os frames da animação e a lâmina de plástico em que finas tiras pretas são impressas. Através do fino ajuste do movimento das tiras e da imagem impressa no cartão, é possível ter a impressão de que a personagem impressa está se movendo, divertindo o leitor.

Também do mesmo autor, utilizando o mesmo princípio de animação: “É Gol!”, da Editora Sextante.

Fonte: midiadigitalufs

Sobre

Deixe um comentário

Erro! Este email é inválido.