Embalagem de cosméticos e frutas podres

Embalagens de cosméticos lidam diretamente com a idéia de beleza, juventude, saúde, limpeza, brilho, luz. Não é de se admirar que elas sejam na sua maioria banhadas de cores brancas e tons claros, com poucos elementos visuais – geralmente discretos – e com muita área de respiro. Seriam essencialmente aquilo que todos chamam de design “clean”.

É verdade, mas no universo das embalagens existe espaço para muita coisa diferente. É nesse espaço que se encontra a linha de produtos de beleza Unlovely, cujas embalagens foram criadas pelo estúdio inglês Fantasist.

Os produtos são cremes e loções para rosto e corpo, que vêm em frascos, potes e bisnagas totalmente pretos. Eles possuem como elemento principal imagens saturadas de frutas emboloradas e flores velhas (como pinturas de naturezas realmente mortas).

O motivo para tal design? Os produtos são feitos com substâncias obtidas na extração sofisticada de frutas e flores fermentadas. Será que essa informação deveria ser ressalta de forma tão evidente? A associação entre coisas velhas e apodrecendo e hidratantes para o rosto não parece uma boa idéia.

Fonte: Popsop

Sobre

Deixe um comentário

Erro! Este email é inválido.