Design de embalagem infantil

Alimetos saudáveis como verduras e legumes geralmente não são bem-vindos pelas crianças. Como os pais podem vencer essa difícil tarefa de alimentar seus filhos com refeições nutritivas? Com paciência e alguma ajuda do design de embalagem.

Os alimentos infantis da marca inglesa Little Dish, são feitos com ingredientes frescos e naturais (testados contra pesticidas), sem adição de sal ou açúcar. Os pratos são desenvolvidos por nutricionistas especializados em crianças e ajudam no dia-a-dia dos pais que têm pouco tempo mas não abrem mão da saúde na refeição dos pequenos. Dessa forma a empresa pretende conquistar os pais.

Para conquistar as crianças a empresa investe nas embalagens. Todas elas formam uma linha unificada, com bastante diferenciação entre os sabores. Cada prato possui uma ilustração delicada e bem-humorada: Uma vaca se equilibrando num monociclo, um menino lendo um super livro, etc. Parecem personagens saídos de um livro infantil, cheios de sutileza e charme. A embalagem tem potencial para encantar tanto crianças quanto adultos, que são aqueles que compram o produto.

Fonte: Diseno Packaging

Sobre

2 comentários

  1. |

    Não sou Designer de qualquer espécie, mas acompanho o tema e neste post em particular, me chamou a atenção pela proposta e como sou pai, enfrento o desafio de evitar o junk food ao meus filhos todos os dias. Como acredito que a maioria dos leitores aqui são designers, lanço o desafio de projetar uma embalagem para frutas, vamos supor, maça, descacada, cortada em pedaço, tão pratica quanto, que chame a atenção da criançada e desvie a atenção dos pacotes de salgadinhos, doces e chicletes, que são tão comuns nas cantinas da escolas. Não foi essa semana que derrubaram uma lei que iria proibir comercialização de alimentos não saudáveis nas escolas? mas isso é um outro assunto. A solução é o design de produtos saudáveis e o bom senso da direção das escolas.

  2. |

    Hum… bom desafio!
    Vou ver se acho algum coisa nesse sentido e coloco aqui no blog…
    Abraço,
    Marina – Indesign.

Deixe um comentário

Erro! Este email é inválido.